quarta-feira, 17 de agosto de 2011

DOMINISTRO



Quando se quer beber uma boa cachaça em Brasília a gente costuma pedir uma mineira. As de Januária são as mais famosas. Mas, aos poucos, a capital vai sendo dominada por uma aguardente que vem lá de Goiás. É a DOMINISTRO, que agora também pode ser encontrada nesta versão que o Hermínio Oliveira fotografou especialmente para o blog.


Tome uma.

O diplomata Carlos Átila era ministro do Itamarty quando foi convocado para ser Porta Voz da Presidência da República. Foi lá que ficou conhecido no país inteiro. Depois foi nomeado ministro do Tribunal de Contas da União.

Seu hobby nos fins de semana e feriado era a propriedade rural que tem em Goiás. Em um alambique produzia em pequena escala uma cachaça que costumava presentear os amigos. Foi logo batizada de a cachaça do Ministro. Quando se aposentou, resolveu incrementar a produção e a cachaça foi para o mercado com o nome criado pelos amigos.

A Cachaça DOMINISTRO hoje é marca respeitada no pais e no exterior. Quem gosta não pode deixar de provar.

Envelhecida 5 anos em barris de carvalho. Um néctar que você pode submeter ao mais exigente paladar.


Um comentário:

O REPÓRTER QUE LEVOU O SOTAQUE NORDESTINO PRA TV

Wilson ibiapina Éramos três cearenses no telejornalismo da TV Globo: Francisco José ficava em Recife, eu em Brasília e o Luiz Edgar de Andra...