domingo, 28 de outubro de 2012

O FADO MORA EM ALFAMA




Quem vai a Lisboa tem que reservar pelo menos uma noite para ir ouvir o fado. Foi o que fizemos. Fomos ao Guitarras de Lisboa, restaurante que fica no beco do Melo, 1 à rua Jardim do Tabaco 1.100-345. 

Cantores, como Maria Armanda, se revezam enquanto você toma um tinto saboreando os melhores pratos da tradicional cozinha portuguesa. O gerente da casa, cantor Antônio Mendes, me disse que o objetivo dele é não deixar que o Fado se perca na memória do tempo. Mendes já esteve no Brasil. Cantou em Recife e curtiu as praias de Fortaleza. Promete voltar para trabalhar e se divertir no Nordeste.




Fado com amigos

Edilma e eu fomos ao restaurante na companhia de dois casais portugueses. Branca e Miguel Bragança, que moram em Brasília e Agostinho Gonçalves e Celeste, de Lisboa. Agostinho pediu que nos brindassem com o fado de Amália Rodrigues “Gente da Minha Terra”. Emocionou a todos. 

Antônio Mendes antes do show

Depois, o próprio Antônio Mendes, embora resfriado e rouco, também cantou:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

UM CEARENSE SURREAL

Wilson Ibiapina Darcílio Lima ainda jovem, no apogeu criativo O cantor e Compositor Raimundo Fagner, que também é pintor, foi quem lembrou-m...