domingo, 21 de novembro de 2010

ELE ESTÁ DE VOLTA







Wilson Ibiapina

Compramos aqui em Brasília caixas de sabão em pó OMO. Para nossa surpresa estavam lá, pregados nas caixas, sabonetes Lifebuoy. Os mais velhos lembram dele. É dos mais antigos no mundo e está sendo relançado no Brasil pela Unilever.

Antes da globalização, o Lifebuoy já era vendido em tudo quanto é país. O sabonete surgiu em 1894 na Inglaterra, mas só chegou ao Brasil nos anos 30. A propaganda do sabonete garantia que ele acabava com o mau Cheiro do Corpo. Foi daí que nasceu o termo cecê, nos anos 50. – o seu CC está vencido, use Lifebuoy. A propaganda explorava o poder anti-séptico e bactericida do produto. Hoje, continua garantindo que ele é total antibacteriano e promove cem por cento melhor proteção.

Falar em sabonete que desapareceu, lembro agora de dois. Um é o Viol , fabricado pela Kanitz Ltda, uma perfumaria que ficava na rua Washington Luiz, 117, no Rio de Janeiro. Tinha um perfume inconfundível. Tomava-se banho pela manhã e passava o resto do dia com o seu cheiro agradável. Engraçado é que só conseguia encontrá-lo no mercado de Fortaleza. Nunca nem no Rio.

Até hoje guardo uma caixinha amarela com um sabonete Viol que dona Antonita, mãe da Regina Benevides me deu de presente. Fabricado em 1994. De tão velho já está perdendo o cheiro. O outro sabonete que lembrei era fabricado no Ceará. Acho que o primeiro e único sabonete cearense. A fábrica ficava no bairro de Otávio Bonfim, em Fortaleza. Era o Sigel, produzido pela Siqueira Gurgel, que parece não existir mais. Essa fábrica que produzia o óleo de cozinha Pajeu, o mais consumido, tinha também o sabão Pavão. “Uma mão lava a outra com perfeição. As duas lavam roupas com sabão Pavão”.




Um comentário:

  1. Links de provável interesse:
    http://gurgel-carlos.blogspot.com.br/2011/02/otavio-bonfim-comercio-industria-e.html#links
    http://gurgel-carlos.blogspot.com.br/2007/10/moradas-e-vizinhos.html#links

    ResponderExcluir

UM CEARENSE SURREAL

Wilson Ibiapina Darcílio Lima ainda jovem, no apogeu criativo O cantor e Compositor Raimundo Fagner, que também é pintor, foi quem lembrou-m...