quinta-feira, 5 de agosto de 2010

O MAIS FAMOSO CORNO CEARENSE

Machado de Assis teve um caso com Georgiana Cochrane, mulher de José de Alencar

No momento em que o mundo se mobiliza para salvar Sakineh Ashtiani, a mãe de dois filhos de 43 anos condenada à morte por adultério,no Irã, lembro aqui um caso famoso de adultério que aconteceu no século XIX. Carlos Heitror Cony levantou a tração em artigos em jornal de São Paulo. José de Alencar, o nosso mais famoso escritor de romances, foi traido pela mulher que teve um caso com Machado de Assis. O escritor Mário de Alencar, filho do romancista José de Alencar e de Georgiana Cochrane, seria na verdade, filho de Machado de Assis. A tração é contada em crônica por Humberto de Campos

 " Havia, realmente, nos dois, traços fisionômicos que corriam paralelos. E aquela afeição paternal de Machado de Assis, tão desconfiado nas suas amizades e, no entanto, tão ligado a M. de A., cuja presença na velhice não dispensava um só dia?

Meses depois, em uma das minhas visitas ao consultório de Afonso Mac-Dowell, meu médico e amigo, este me recebe exclamando:

– Se você chega dois minutos antes, encontraria aqui um colega seu, da Academia.

– Qual deles?

– O M... M. de A.

Sem a menor lembrança, no momento, das palavras de Goulart de Azevedo, falei-lhe do nervoso do M., o qual não saía à rua sem companhia de um ou dois filhos.

– Nervoso, só, não – atalhou o médico.

E com ares misteriosos:

– Eu lhe digo aqui com a devida reserva: o M. é epilético.

Essa informação pôs um raio de luz em minha dúvida. J. de A. jamais sofreu de epilepsia. Machado de Assis morreu dessa moléstia. Como explicar, pois, a epilepsia de M. de A.?

Mergulhei no oceano desse mistério, tateantes as mãos do meu pensamento. Dom Casmurro não será uma história verdadeira? Aquele amigo que trai o amigo, aquele filho que fica de uns amores clandestinos, não seriam páginas de uma autobiografia? "

5 comentários:

  1. Claro, os negros sempre tiveram franco acesso a mulheres da nobreza. Com certeza...

    ResponderExcluir
  2. Machado não era negro. Nem mulato. O mais triste é saber que não é lido nem homenageado como deveria.

    ResponderExcluir
  3. Machado de Assis era negro, mulato não existe mulato e filho de mula.Embora quisessese passar por branco, sempre tentou disfararsua negritude.

    ResponderExcluir

UM CEARENSE SURREAL

Wilson Ibiapina Darcílio Lima ainda jovem, no apogeu criativo O cantor e Compositor Raimundo Fagner, que também é pintor, foi quem lembrou-m...