quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

UM PEDAÇO DO CEARÁ NO DF



A Ceilândia, uma das cidades satélites do Distrito Federal, é a segunda maior cidade nordestina fora do Nordeste. Só perde para São Paulo. 

Tem faculdades, mais de mil fábricas e mais de 4 mil estabelecimentos comerciais. Tem vida própria. É lá que estão as mulheres mais bonitas do Distrito Federal e a maioria dos cearenses que vive por aqui. 

Variedades da famosa feira
A feira da Ceilândia é um passeio pelo Nordeste. Já foi citada no jornal New York Times como uma das atrações a ser visitadas em Brasília. Lá você encontra buchada de bode, sarapatel. Carne de carneiro, linguiça, costela assada, doces e frutas. 

Casa do Cantador
É na cidade que fica a Casa do Cantador, onde os repentistas e poetas encantam o público com seus desafios e literatura de cordel. Era lá que morava dona Madalena de Souza, que teve 32 filhos com Raimundo Carnaúba. Saiu no livro de record do Guinness como uma das mulheres mais férteis do mundo. Escrevi uma matéria grande, para o Diário do Nordeste, sobre o casal de Tamboril. Ela morreu em janeiro passado aos 90 anos.

José Colombo de Souza Filho
Um outro fato curioso envolvendo a Ceilândia é protagonizado pelo jornalista José Colombo de Souza Filho. Todo mês, quando sai uma nova edição do jornal da Casa do Ceará, “O Ceará em Brasilia”, José Colombo Filho pega uns 30 exemplares e vai para a Ceilândia. Lá, vai identificando os conterrâneos na feira, no comércio, nos restaurantes, padarias e na rua e vai distribuindo o jornalzinho. Aos poucos vai se infiltrando e resgatando os cearenses, fazendo com que voltem a ter contato com as notícias do Ceará e com os conterrâneos. Acho até que, para ficar mais perto dessa gente, o ideal seria abrir uma sucursal da Casa do Ceará lá na Ceilândia, que hoje é administrada por um cearense de Tianguá. Antonio Sabino Vasconcelos Neto .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UM CEARENSE SURREAL

Wilson Ibiapina Darcílio Lima ainda jovem, no apogeu criativo O cantor e Compositor Raimundo Fagner, que também é pintor, foi quem lembrou-m...