segunda-feira, 25 de março de 2013

QUAL A SUA IDADE?







AYRTON ROCHA


“LEVA-SE MUITO TEMPO PARA SER JOVEM”. (Pablo Picasso)

Vivo, hoje, numa turbulência enorme
Entre, o começo, o meio e o fim.
A morte! O que é a morte?
Simples resposta: O medo de perder a vida,
A saudade do amor,
O medo do fim?
A morte é o destino e tudo.
É, mas, todos se assuntam só em pensar,
E não é bom pensar.
Mas quem consegue viver sem pensar na morte?
Os idiotas? Os que não têm alma?
Os que nunca amaram?
Os que nunca fizeram amor?
Os que nunca beberam?
Os que nunca fumaram um cigarro?
Os que nunca cantaram uma canção,
Ou ouviram os acordes de um violão?
Os que nunca foram molhados pela chuva,
Os que nunca viveram a madrugada,
Viram o dia amanhecer, e uma Rosa nascer ?
Os que nunca regaram uma Flor,
Os que nunca choraram ou sofreram por amor,
Os que nunca fizeram uma criança sorri,
Os que nunca ouviram uma canção de amor
Os que nunca sentiram o silêncio da noite,
Ou viveram uma noite de solidão?
Sei não!
Só sei que tenho medo.
Mas o meu medo,
È de perder quem eu amo,
Nunca, de me perder.
Meu medo é de sentir a saudade,
A saudade de você.
E no meio de toda essa minha turbulência,
Eu me perco por dentro de mim,
A perguntar, quem eu sou,
De onde vim, e pra onde vou.
A solidão, não é depois,
A solidão é hoje.
A solidão não começa na partida,
A solidão começa na chegada.
O sofrimento, não começa ao morrer,
Ele nasce com você ao nascer.
E a velhice?
Ah, a velhice? A velhice é a arte do saber sofrer.
Tudo porque na velhice,
Não tem mais sonhos,
Não tem mais ilusão.
É por isso, que no meio de tanta turbulência,
Quando me perguntam a minha idade,
Eu respondo com uma triste ironia:
Leva-se muito tempo para ser jovem.










2 comentários:

  1. Leva-se muito tempo para ter seu talento... muita sensibilidade trabalhada, muita vida.
    bjs da sobrinha, sempre, orgulhosa de seu tio,
    Mônica

    ResponderExcluir
  2. Oi Ayrton lindo poema!Parabéns!
    Sempre digo minha idade com muito orgulho!
    Pois "ainda! não pesa para mim, a idade que tenho!
    E ao morrer, chegando lá, direi: foi rápido, mas valeu a pena!

    ResponderExcluir

UM CEARENSE SURREAL

Wilson Ibiapina Darcílio Lima ainda jovem, no apogeu criativo O cantor e Compositor Raimundo Fagner, que também é pintor, foi quem lembrou-m...