quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

CHOVE NO CEARÁ


A notícia  de que a chuva voltou a cair no interior cearense, depois de prolongada seca, me fez lembrar o poeta repentista Ismael Pereira: 
"
"O sertão estava enxuto
De repente a chuva veio
A peixeira do relâmpago
Cortou a nuvem no meio,
O rio foi dormir seco

Quando acordou tava cheio."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

UM CEARENSE SURREAL

Wilson Ibiapina Darcílio Lima ainda jovem, no apogeu criativo O cantor e Compositor Raimundo Fagner, que também é pintor, foi quem lembrou-m...